Os irmãos Lawrence celebram vida e cor

O Super Bock Super Rock está de regresso ao Meco e está também de regresso a um ambiente único, onde os corpos se entregam à música, com praia e campismo a acompanhar toda a experiência. Nos dias 18, 19 e 20 de julho deste novo ano, alguma da melhor música do mundo vai passar por aqui – Lana Del Rey, Metronomy, The 1975 ou Kaytranada são alguns dos nomes já confirmados. O que une todas estas propostas é a autenticidade e esse atributo também se faz sentir na melhor música eletrónica. Os Disclosure  são um dos melhores exemplos disso nos últimos anos e já têm a sua presença confirmada na próxima edição do Super Bock Super Rock, no dia 20 de julho de 2019. Quando se fala de música house feita na última década, tem de se falar obrigatoriamente de Howard e Guy Lawrence, os irmãos responsáveis pela assinatura Disclosure. Com pais músicos, os dois irmãos aprenderam a tocar baixo e bateria, mas rapidamente se enamoraram por elementos mais eletrónicos e por ritmos como o funk, o hip hop ou o dubstep, influências que viriam a complementar com o estudo de compositores clássicos como Bach ou Claude Debussy. O primeiro single da dupla, “Offline Dexterity”, foi lançado em 2010. E, depois da assinatura pela PMR, saíram mais dois singles que colocaram os Disclosure no mapa da música de dança: “Carnival / I Love… That You Know” e “Tenderly / Flow”. 2012 foi o ano do primeiro EP, “The Face”, marcado pelo popular remix de “Running”, de Jessie Ware. Apesar destes sucessos, o primeiro grande hit da dupla foi mesmo “Latch”, com a voz de Sam Smith, de pois do qual o terreno estava mais do que preparado para o lançamento do primeiro disco. “Settle”, editado em 2013, foi um tremendo sucesso junto do público e da crítica (9.1 na Pitchfork!). “Caracal”, editado em 2015, seguiu a mesma tendência de sucesso. Este segundo registo do duo contou com as participações de Sam Smith, Lorde, Gregory Porter, Lion Babe, The Weeknd, Miguel, entre outros, e teve singles do calibre de “Omen”, “Holding On” ou “Jaded”. Influenciados por nomes como Joy Orbison, James Blake, Burial ou Mount Kimbie, o sucesso dos Disclosure está ligado a uma rara sensibilidade para ler cada pista de dança, usando um conhecimento quase enciclopédico da história da música eletrónica. Assim, cada set dos Disclosure não é apenas uma celebração da vida e das múltiplas cores, mas também de toda uma cultura – aqui há espaço para Chicago House, Detroit Techno, UK Garage ou 2-Step Garage… Depois de uma breve paragem, os Disclosure atacaram o ano de 2018 com o lançamento de singles como “Ultimatum" ou “Moonlight”. E esta boa forma vai mostrar-se também no DJ Set que estão a preparar para o Palco Super Bock, no dia 20 de julho de 2019, na próxima edição do Super Bock Super Rock.