Dia 7 de agosto no Palco MEO

O MEO Sudoeste está à distância de oito meses, mas está já bem perto de todos aqueles que querem assegurar presença no melhor Festival de verão português. Ao longo de 9 dias, entre 3 e 10 de agosto, a Zambujeira do Mar volta a ser o centro do país, com o melhor espírito que um festival pode ter – a praia ali ao lado, um campismo inesquecível e a música adequada a cada momento de diversão. A próxima confirmação cumpre todos os requisitos do espírito do MEO Sudoeste: a cantora brasileira Anitta é o furacão que vai passar pelo Palco MEO, no dia 7 de agosto. Nasceu Larissa de Macedo Machado e fez-se Anitta para o mundo do espetáculo, um autêntico furacão que veio do Brasil para deixar o seu rasto um pouco por todo o mundo. Anitta é a prova de que ainda se pode surpreender e arrastar multidões neste século XXI. Começou a cantar e a dançar bem cedo, mas antes do sucesso de hoje, a jovem estudou marketing – conhecimentos que viria a aplicar na gestão do seu percurso, um exemplo de ousadia, estratégia e trabalho. Começou por dar nas vistas no YouTube e depressa o nome Anitta passou a ser sinónimo de sucesso no Brasil, graças a singles como “Meiga e Abusada” e “Show das Poderosas”. A artista brasileira não tem vocação para descansar à sombra dos seus próprios sucessos e, por isso, no espaço de três anos, editou três discos: em primeiro lugar lançou um disco homónimo, editado em 2012, depois veio “Ritmo Perfeito”, que chegou em junho de 2014, e, logo no ano seguinte, “Bang”, o terceiro registo da cantora, já fazia as delícias do público brasileiro – na altura, Anitta tinha apenas 22 anos. Tudo aconteceu muito rápido na vida de Anitta, quase ao ritmo da sua própria música, frenética, quase vertiginosa, e inspiradas em ritmos como o funk, o reggaeton ou até o melhor pop latino. Quando se descreve Anitta, é fácil falar de influências como Beyoncé, Katy Perry ou Rihanna, mas a verdade é que a cantora brasileira se distingue e elava-se acima das comparações mais óbvias. Sucessos como “Na Batida”, “Deixa Ele Sofrer” ou “Sua Cara” (dos Major Lazer, com as participações de de Anitta e Pablo Vittar) contribuíram (e muito) para a projeção internacional da artista carioca, com milhões de visualizações no YouTube. Além do carinho do público, Anitta tem batido recordes e visto o seu trabalho reconhecido por vários prémios e nomeações. Já teve inclusivamente a revista Forbes a compará-la a Shakira, destacando-lhe o potencial para ser uma estrela pop à escala planetária. No que diz respeito a novidades, a cantora editou “Solo” (uma alusão à vida de solteira), o seu primeiro EP, no final do ano de 2018. Com três músicas, cada uma delas cantada numa língua diferente, este registo mostra uma artista capaz de abraçar o mundo todo. "Veneno”, uma dessas novas canções, promete conquistar o público português, dia 7 de agosto, no Palco MEO do MEO Sudoeste. Importa recordar que recentemente o MEO Sudoeste foi distinguido pela terceira vez consecutiva com o Prémio Cinco Estrelas, na categoria Festivais. Esta distinção é o resultado da classificação atribuída pelos consumidores através de testes e estudos de mercado realizados no âmbito do Prémio Cinco Estrelas 2019. Mais novidades a anunciar brevemente.

Já confirmados:

7 de agosto

Palco MEO – Anitta, 6lack

9 de agosto

Palco MEO – Russ

10 de agosto

Palco MEO – Timmy Trumpet

Bihetes à venda na Blueticket e locais habituais. MEO Sudoeste, junta-te à Tribo!