Arranca no dia 5 de agosto, de Bruxelas

A “Music of the Spheres Tour", da banda de Chris Martin, foi completamente concebida para ser completamente sustentável.

Em vigor está a "lei" dos 3 Rs: Reduzir, Reinventar, Recuperar.
É com estes princípios que o coletivo britânico quer cortar pela metade as emissões CO2, apoiar novas tecnologias que sejam verdes e reduzir ao máximos as emissões de carbono.

Por exemplo: veículos de combustíveis fósseis foram retirados da frota, a energia do palco será totalmente renovável através de painéis solares e a banda vai voltar a utilizar a instalação de pisos que transformam o impacto dos passos em energia para a atuação. A primeira performance teve 99% de energia renovável

O palco foi projetado par usar menos materiais. As pulseiras de LED também serão recuperadas no final do espetáculo para que possam ser usadas em tours futuros.

No caso do lixo, será focado na reciclagem e na reutilização dos materiais e vai haver uma redução de água nas casas de banho.

Para estimular os fãs a terem atitudes mais sustentáveis a banda desenvolveu uma APP, onde as pessoas podem comprovar seus hábitos e ganhar descontos.

Para os interessados em adquirir o merchandising, todos os materiais possíveis serão sustentáveis e recicláveis.

Para a comida, 4 atitudes foram tomadas: primeiro: todos os alimentos serão à base de plantas, sem carne. Para estimular as micro economias, sempre que possível os ingredientes serão comprados nos locais do concerto. As sobras terão 2 destinos: a compostagem e, quando os alimentos estão em condições de consumo, serão doados para os bancos de alimento.

A “Music of the Spheres Tour", vai dar início em Bruxelas, na Bélgica, no dia 5 de agosto, e vai passar por países como, Inglaterra, Ecócia, Brasil, Colômbia, Peru e Argentina.