A nova obra do artista urbano vai estar no Terreiro do Paço, em Lisboa, até 16 de outubro.

Se fores até à Rua Augusta no Terreiro do Paço, vais reparar num velhinho elétrico amarelo.

Até aqui, nada de anormal, apenas mais um cenário típicamente lisboeta.

Contudo, quando a noite cai, o elétrico ilumina-se com cores fortes de néon: rosa, verde, azul.
uma explosão de côr com a assinatura do artista urbano, Bordalo II.

A nova vida do elétrico 525, que veio diretamente do Museu da Carris, deve-se à comemoração dos 150 da empresa de transportes, feitos no passado dia 18 de setembro.

A obra chama-se "Lighted Crows" e retrata dois corvos feitos de materiais que o artista plástico recolhe do lixo, dentro de velhinho elétrico.

A obra ficará em exibição na baixa lisboeta até 16 de outubro.

Depois de um mês no Terreiro do Paço, irá ser transferida para a zona das Amoreiras, onde estará patente até 2024.